Observação de Aves


Observação de aves

A Herdade da Mourisca é um dos locais privilegiados, no concelho, para a observação de aves.

Há vários anos que aquela zona, onde se destaca o Moinho de Maré da Mourisca, acolhe a Observanatura, evento dedicado ao turismo ornitológico, com diversos pontos de observação de aves no Estuário do Sado, direta ou com recurso a binóculos e telescópios de campo, alguns dos quais com possibilidade de ligação a máquinas digitais para a realização de fotos.

O crescente interesse pelos recursos turísticos naturais, e em particular pelas aves, poderá traduzir-se numa importante vantagem para a conservação da natureza e da biodiversidade, na medida em que a vivência do lugar e a observação das aves in loco sensibiliza o visitante para o valor dos recursos relacionados direta ou indiretamente com as espécies observadas e com os seus habitats.

A Herdade da Mourisca insere-se no estuário do Sado, numa das zonas húmidas mais importantes para observação de aves aquáticas, podendo acolher no Inverno de cerca de 50 mil aves. Possui um observatório, construído propositadamente para promover a observação e a fotografia de aves, algumas migratórias, outras residentes, que nidificam nestes espaço naturalmente privilegiado. Entre as espécies residentes e migratórias, destaque para o Colhereiro, o Mergulhão-pequeno, a Garça-real, a Águia-sapeira, o Pernilongo e o Flamingo.

A Observanatura, feira dedicada ao Turismo Ornitológico focada na atividade de observação de aves, direta ou com recurso a binóculos ou telescópios de campo,  decorre habitualmente em setembro e assume-se como um ponto de encontro entre as empresas de turismo de natureza, organizações não-governamentais, editoras e empresas de material ótico e os turistas ornitológicos, em torno dos valores da biodiversidade.

Do programa do certame constam, entre outras atividades, workshops, mini-cursos, passeios pedestres ou marítimos pela Reserva Natural do Estuário do Sado para observação de aves, ateliês e sessões de anilhagem.